Rui Vitória contra utilização do vídeo-árbitro na final da Taça

0

Rui Vitória aplaude a introdução do vídeo-árbitro no futebol, mas considera que a primeira experiência não deveria ser num jogo importante como a final da Taça de Portugal. “Não seria o momento adequado tendo em conta que é uma final e um jogo importante e de, certa forma, correr alguns riscos de alguma coisa não correr bem”, afirmou, à BTV, sublinhando que “há uma fase de adaptação” e que “vai haver aqui e ali alguns erros, alguns pormenores quer vão falhar”.

Para o técnico, é preciso uma mudança na “cultura desportiva” ou o vídeo-árbitro “pode não surtir efeito”. “Se quisermos arranjar problemas em todo o lado, se formos os primeiros a procurar novas formas de abordar o jogo, de certeza que o vídeo-árbitro não vai resolver”, acrescentou.

Ainda assim, em termos gerais, acredita que a tecnologia “vai ser uma contribuição muito grande para a qualidade e para a justiça do jogo”. “Estou preparado para a nova fase de adaptação e estarei disponível para colaborar para que o jogo possa evoluir”, disse.

Share.