Os casos do Sporting 0 – 1 Benfica – Jornal Record

0

Estava tudo a correr de feição a Artur Soares Dias, mas uma série de situações comprometeu atuação: penálti na disputa de Slimani com Lindelöf, falta de Ewerton sobre Jiménez e entrada para expulsão de Renato.

1′ – Jonas cai na área do Sporting após um contacto com William, que surge no lance. Artur Soares devia ter assinalado grande penalidade?

Marco Ferreira – “William ganhou duelo a Jonas”

“Não, foi um lance normal. O futebol é um jogo de contactos, e quando assim é… William ganhou o duelo a Jonas, colocando-se à frente do adversário. O árbitro ajuizou bem.”

Hélio Santos – “Árbitro agiu bem ao mandar seguir”

“O árbitro agiu bem e mandou o jogo seguir como lhe competia. Existe um contacto entre William e Jonas, mas que não impede o avançado de prosseguir o lance. Nada a dizer.”

Sentença R – Sem falta

Jonas cai na área e pede grande penalidade mas é William quem é mais forte e ganha o lance. Brasileiro acaba por se deixar cair tentando talvez cavar a falta, mas Soares Dias decide com critério e deixa seguir.

27′ – Eliseu impossibilita Adrien de continuar a disputar o lance quando este tenta passar por si e Mitroglou?

MF – “Adrien promove o contacto”

“Éuma jogada na qual Adrien promove o contacto. O jogador do Sporting quer passar pelos dois adversários e, por isso, acaba por chocar com Eliseu e Mitroglou, que também está por perto.”

HS – “Disputa normal como outras”

“Artur Soares Dias voltou a agir bem. Há, como no outro lance, um contacto entre os jogadores, mas que é provocado pelo Adrien. Foi uma disputa normal, como tantas outras.”

SR – Mais fortes

Não se vislumbra qualquer falta de Eliseu e Mitroglou sobre Adrien. Quanto muito poderia ser obstrução do grego, porque o lateral não poderia desaparecer dali. Esteve bem Soares Dias. Lance não merecia marcação de grande penalidade.

68′ – O gesto de Lindelöf com a mão impede Slimani de tentar jogar a bola, quando esta se disputava nas alturas?

MF – “Não me suscitou grande dúvida”

“Foi um lance que na televisão não me suscitou grande dúvida, por isso penso que Artur Soares Dias agiu em conformidade e, pelo que parece, bem.”

HS – “Sem o impedir de jogar a bola”

“Há uma mão de Lindelöf no ombro de Slimani, mas que não impede o argelino de tentar jogar a bola. Sem motivo para grande penalidade.”

SR – Grande penalidade

Fica por entender a intensidade de Lindelöf, mas a verdade é que o central sueco faz mesmo uma gravata a Slimani e leva o argelino a cair, impedindo-o de chegar à bola. Televisão ajuda muito no lance.

85′ – Depois de um lance aéreo, Ewerton evita, com o braço, que Jiménez fique com a bola em posição privilegiada?

MF – “Existe apenas jogo de braços”

“Não há nada. Existe um jogo de braços, isso sim, mas que não impede Jiménez de continuar a disputar o lance. Artur Soares Dias manteve o seu critério. ”

HS – “Sem infração de Ewerton”

“Não existe qualquer infração de Ewerton. Existe uma disputa entre o brasileiro e Jiménez, mas que não tem o objetivo de tentar afastar o mexicano.”

SR – Falta e cartão

É com as mãos que Ewerton atrapalha Jiménez e interrompe uma jogada de perigo do Benfica. Soares Dias devia ter marcado falta e mostrado cartão amarelo ao central brasileiro.

86′ – A entrada de Renato Sanches sobre Bryan Ruiz é merecedora de cartão vermelho ou o amarelo ajusta-se?

MF – “Entrada dura para vermelho”

“Renato Sanches deveria ter visto o cartão vermelho. O jogador do Benfica teve uma entrada dura sobre Ruiz, merecedora de outra admoestação, por isso o árbitro errou no capítulo disciplinar. ”

HS – “Entrada ríspida e para expulsão”

“A entrada de Renato Sanches é excessiva e ríspida, por isso deveria ter sido punida com o respetivo cartão vermelho. Foi o único erro de Artur Soares Dias, que não se apercebeu da sua gravidade.”

SR – Expulsão clara

O erro mais grave de Soares Dias. Entrada de Renato Sanches coloca em causa a integridade física de Ruiz, é agressão violentíssima e o jovem do Benfica devia ter visto vermelho. Perto do árbitro, assistente e 4.º árbitro. Incompreensível

Share.