Câmara de Lisboa perdoa 1,8 milhões de euros ao Benfica

0

Decisão polémica em Lisboa: A Câmara Municipal de Lisboa aprovou esta quarta-feira a isenção do pagamento de taxas urbanísticas de 1,8 milhões de euros por intervenções a realizar junto ao estádio da Luz. Apesar de ter sido aprovado pela maioria do executivo municipal, PSD, CDS-PP e PCP estão contra esta decisão.

O vereador António Prôa, do PSD, explicou à Lusa que o valor das isenções (de cerca de 1,8 milhões) diz respeito a intervenções em áreas desportivas e em áreas complementares à atividade desportiva, como é o caso das instalações da Benfica TV e de restaurantes que existem no estádio.

“No presente momento, os lisboetas e os portugueses não compreendem que se isente o pagamento de taxas para atividades que não são de interesse público e que não têm a ver com a vocação da instituição”, afirmou.

Já o vereador centrista, João Gonçalves Pereira, referiu que estas isenções “não fazem sentido”. Isto porque, a seu ver, seria compreensível “isentar [o clube]para fazer o edifício do museu, mas quando se trata de atividades que são comerciais isso não deve acontecer”.

Share.
21