Análise aos casos polémicos do Benfica – Estoril

1

Tal como tem sido costume, o jornal record faz sempre uma análise dos lances polémicos dos jogos mais importantes da liga portuguesa. Para o Record, Capela teve uma actuação positiva mas errou ao não expulsar Gaitan e ao assinalar fora de jogo a Matias Cabrera.

Análise aos casos polémicos do Benfica Estoril

15′- amarelo (ERRADO)
Esiti tem entrada tão impetuosa quanto perigosa para a integridade física de Gaitán. Devia ter visto aqui o primeiro cartão amarelo. Demasiado sangue na guelra do estorilista

Análise aos casos polémicos do Benfica Estoril

45′- mal tirado (ERRADO)
Matías Cabrera recebe na esquerda um passe milimétrico de Kieszek, num lance mal anulado pelo árbitro assistente. O uruguaio está claramente em posição legal

Análise aos casos polémicos do Benfica - Estoril

56′- penálti (CERTO) Os jogadores do Estoril ainda se queixaram, mas a entrada de Mano sobre Jonas não deixa dúvidas. O defesa do Estoril atinge o pé do avançado do Benfica. Grande penalidade bem assinalada

Análise aos casos polémicos do benfica estoril

69′- a expulsão (CERTO)
Couceiro queixou-se muito do segundo amarelo a Esiti, mas a verdade é que a mão do médio estorilista parece intencional. Obrigava ao segundo amarelo? Talvez não, mas o árbitro não deve sentir pena. Aceita-se

Análise aos casos polémicos do Benfica Estoril

70′- vermelho a Gaitán (ERRADO)
Capela sentenciou o lance com um cartão amarelo, mas a agressão do argentino é claramente intencional e para vermelho. Borrou a pintura ao mudar de critério. Juiz fraco

Share.